Dicas

PRA VOCÊ

DICAS E TENDÊNCIAS

Limpeza de paredes

Antes de tudo, espere a cura total da tinta antes de qualquer tipo de limpeza. É necessário aguardar no mínimo 72 horas antes de qualquer tipo de agressão física ou química. Inclusive, até mesmo chuva em demasia durante esse período pode comprometer a qualidade final do produto.

Para a limpeza adequada de paredes, o ideal é usar uma esponja macia e detergente de pia neutro, de preferência incolor ou água sanitária diluída.

As tintas foscas têm a superfície microscopicamente mais rugosa, por isso retêm mais sujeira e são mais difíceis de limpar. Essas superfícies quando são esfregadas apresentam brilho, pois ocorreu um polimento que a deixou mais lisa. Esses produtos possuem um acabamento mais aveludado e menor quantidade de resina, portanto, é importante evitar a limpeza em demasia uma vez que sua resistência é inferior às tintas acetinadas e semibrilhantes. Em contrapartida, essas tintas aceitam melhor o retoque do que as acetinadas e brilhantes pois o fosco disfarça imperfeições da superfície.

Para superfícies que receberam tintas acetinadas ou semibrilhantes, é comum dizer que essa parede é lavável, porém existem alguns cuidados que devem ser considerados. Um produto acetinado e semibrilho possui basicamente, em sua formulação, mais resina, que entrega atributo de maior resistência e brilho à superfície. Para limpa-la deve-se tomar os mesmos cuidados pois caso seja esfregado com muita força no local, esse atrito pode retirar parcialmente a camada de tinta da superfície, e essa falta de uniformidade irá aparentar estar manchada. É sugerido então, fazer a lavagem de toda parede da mesma forma e intensidade.